Papo de Pai

O que aprendi nesses 120 dias de Papai Vip do Otto

3 de agosto de 2017 - Postado por:

Todos sabem e estão descobrindo como a mamãe está lidando e passou os 3 primeiros meses do nosso Otto, se você não sabe, clica aqui !

Mas e eu, Papai Vip o que aprendi em 120 dias de Papai Vip do Otto ?

 

Um resumo de como foi a minha primeira gravidez...

 

– Aprendi que nada mais importa quando estou com meu filho.

– Que as vacinas são muito importantes, ao ponto de doer mais em nós do que neles. E que não sentiremos falta das injeções, né filho ?

– Que ouvir seu filho gargalhar, tornará seu dia infinitamente melhor, não importa o que esteja te preocupando.

– Aprendi ( tive certeza, na verdade ) que as pequenas coisas que muitos ignoram, são as mais valiosas.

– E por isso cada momento com nosso pequeno vale muito, muito mesmo, pois eles crescem rápido.

– Aprendi que nunca existirá espaço suficiente no computador, ou celular para a quantidade de fotos e vídeos que desejamos fazer deles.

– Também aprendi a apreciar e reforçar sempre, a ligação mãe e filho.

– Aprendi que tenho um novo codinome: “Pai do Otto” hahahaha

– Descobri na verdade (e melhorando a cada dia ) uma nova língua, parecida com aquele “francês” que o personagem Joey do seriado Friends, fala;

E que apesar de não entender perfeitamente o que ouço e desconfiar que ele ainda não entende 100% do que eu falo, nós nos entendemos perfeitamente. Vai ver é aquela tal parceria de pai e filho que tanto falam…

– E essa tal parceria pai e filho, não necessita na verdade de palavras, percebo que muitas vezes ele me compreende no olhar. E é recíproco.

– Olha só, Aprendi a trocar fraldas ! Sem nunca ter lido nada sobre ou alguém ter me ensinado, parece que ja sabemos isso desde sempre, só estava lá, guardado para quando precisássemos realmente.

 

O que aprendi nesses 120 dias de Papai Vip do Otto

 

– Que fraldas podem até assustar, algumas vezes lembram aquele salgadinho de queijo, sim esse mesmo que você imaginou, com odor mortal, mas coragem, elas não mordem, não são radioativas, e é um dos momentos que mais dou risada com o Otto.

Portanto você Soldado, digo, futuro Papai, fique tranquilo, não precisará daquela roupa do filme Epidemia, pois não é como abrir o pacote do salgadinho, mortal .hahahaha

– E Ainda nesse tema, aqueles matemáticos, ficariam pasmos, quando o assunto é calcular preço por fralda nas promoções, para saber se vale a pena.

– Aprendi que meu filho sempre precisará de mim, de alguma forma, e eu sempre gostarei disso, mesmo quando ele não gostar.

– Que não existe nada mais gostoso e pacificador que fazer o seu filho dormir no seu colo.

– Aprendi a controlar, me controlar, e pensar 10, 20 vezes em um assunto, focando sempre no bem estar do nosso pequeno.

– Aprendi o quanto são discriminadas as mamães que se esforçam muitas vezes ( quase sempre ) além da conta e sempre levam a culpa por algo tipo, guri bagunceiro.

– Que jamais terei sossego nessa vida, e quem se importa ? Basta olhar pra ele, dormindo tranquilo, que esse “problema” de falta de sossego, vira solução.

 

 

– Aprendi com ele a me divertir com qualquer bobeira, entretido com um velcro, por exemplo.

– Aprendi ( e continuo aprendendo ) uma infinidade de sons para fazer com a boca; Acredite, assovio é pra amadores.

– Que ganhei algo muito valioso, de fazer inveja à aquela empresa do cartão de credito, a que não tem preço.

– A olhar 3 vezes antes de atravessar a rua, para meu filho não ficar sem pai, mas com ele e a mamãe, olho 9 vezes. hahahaha.

– Aprendi que eles já nascem nos ensinando diversas coisas, inclusive como “suar” pelos olhos. Vide a estória das vacinas acima.

– Aprendi também que existe uma data, hora e minuto que foi dita a frase que jamais esquecerei: dia 03/04/17 as 14:52min eu escutei “pode olhar, papai !” do médico que acabara de tirar meu pequeno da barriga da mamãe, ainda com o cordão umbilical preso, segundos antes do seu primeiro choro, junto com papai e mamãe.

– Que esses números todos, que tem um peso de 3.280g, representam o dia que minha vida mudou pra sempre e pra melhor, e enquanto escrevia essa frase os olhos mostraram que aprenderam direitinho a lição, suando denovo 🙂 e denovo na revisão do texto hahaha

– Aprendi o quão flexível podemos ser, até mesmo no meu caso, 1,86m de altura, dormindo algumas vezes no nosso sofá ( de 2 lugares ) tranquilamente.

Mas não porque a mamãe me expulsou e sim porque preferi não atrapalhar o conforto deles. Garanto que é possível, e saber que mamãe e filho dormiram bem, faz valer qualquer contorcionismo.

– Aprendi ( percebi na verdade ) que meus reflexos, tiveram uma melhora invejável, nunca me movi tão rápido, para as mais diversas situações, brinquedos que cairiam no chão, xixis “marotos” na hora do banho… e ao que parece esses reflexos melhoram a cada dia !

– Mas não é só, também desenvolvi uma habilidade de me mover igual as preguiças, de forma lenta e silenciosa, especialmente enquanto o pequeno dorme a noite.

 

O que aprendi nesses 120 dias de Papai Vip do Otto

 

– Aprendi a ouvir as mais diversas balbúrdias de como criar meu filho e não responder, ou quando responder, não usar de força bruta ou letal hahaha, ( lembra que falei, tenho 1,86m e não sou magrelo )

– Aprendi que esses primeiros 120 dias, foram os mais bacanas da minha vida, fiz coisas que jamais imaginaria fazer, sorrindo como bobo por coisas que, para nós parecem ser simples, mas para o pequeno é uma conquista, uma grande descoberta e me peguei imaginando, planejando os próximos 120 dias e meses dele…

E por fim a lição mais importante que aprendi: a amar daquele jeito que dizem que os cães amam, incondicionalmente.

 

Um resumo de como foi a minha primeira gravidez...

Aproveita e nos siga no Instagram e no Facebook, para não perder nenhum momento das nossas vidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. É, papai Vip do Otto… e posso te dizer que assistir a isso, de camarote, é maravilhoso! É especial! Por aqui enche meu coração de amor essa relação toda! Por aqui o papai só não trocou fraldas e nem deu banho ainda, mas fica todo emocionado com os risos e olhares e bate-papos…