Papo de Mãe

Seis meses de vida e de puro amor

3 de outubro de 2017 - Postado por:

Hoje acordei sentimental, sentindo os mesmos sentimentos que senti a 6 meses atrás: de acordar cedo, do papai pegar a mochila, passarmos pela avaliação do centro obstétrico, entrar na sala de parto, da bolsa estourar e tudo planeja mudar, partindo assim, para uma cesárea e o seu nascimento.

Lembro das minhas primeiras palavras, de chamá-lo de “passarinho” e de ver você mais perdido nesse mundão de Deus.

Como poderei esquecer do rosto do seu pai, chorando e apaixonado por você?

Nem tudo foi rosas, nesse período teve choros agudos, seios machucados, noites de cólicas e o medinho de achar que não ia dar conta de tudo que estava mudando naquele momento.

Também guardei na memória todos os banhos de água, de sol e de beijos (de amor), que nós sempre dávamos (e continuaremos dando) em você diariamente.

Sem esquecer do seu sorriso e das suas primeiras palavras “agu”, “bubu”, “mama”, “baba”,”papa”, “blabla”, “dada”, “meme” e “nene”.

 

Um resumo de como foi a minha primeira gravidez...

 

Filho, você não vai lembrar, mas teve noites que “expulsamos” o papai para a cama ficar só para nós dois, em dias de vacinas ou apenas naquelas noites que você não queria ficar sozinho no seu berço.

As vezes, o papai se juntava a nós, ficando nós três juntinhos na cama, principalmente naquelas noites frias.

Posso ser o seu primeiro amor, o papai o segundo, mas quem você realmente ama de paixão é a Memê!!

Sempre soltando gargalhadas quando ela estava por perto, pulando de um lado para o outro. As vezes, você só acompanhava com os olhos, esticando os bracinhos para pegá-la.

 

Seis meses de vida e de puro amor

 

E a primeira virada?

Que deu aquele susto na mamãe quando você virava sozinho sem fralda pela cama até chegar na outra ponta.

Lembro também quando alcançou os seus pés e de uma hora para a outra, começou a colocá-los na boca, já que os dedos da mão não tinham mais tanta graça.

 

Um resumo de como foi a minha primeira gravidez...

 

Não podemos negar, meu gordinho é puro charme!!

Conquista qualquer pessoa com seu sorriso e simpatia, além de conversar sobre tudo na língua dos bebês. Sabe que é mais engraçado meu filho?

As pessoas se faziam de loucas, fingindo que estavam entendendo tudo que você estava falando naquele momento.

Agora, começou a fase da papinha, comendo junto com o papai e a mamãe, fazendo a maior lambança da história dessa família.

Momentos que nunca serão esquecidos por nós, que a mamãe e o papai sempre sonhavam viver.

Parabéns meu filho, pelo seus seis meses de vida, obrigada pelo seu sorriso, carinho e amor.

Que venham mais histórias, sentimentos e amor, que Papai do Céu ilumine ainda mais a nossa família, meu anjo.

Amém!
 

Um resumo de como foi a minha primeira gravidez...

 

 
Quem quiser acompanhar o dia-dia da nossa família, vem nos seguir no instagram Manga com Papinha.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *